REDEPAX
by on 27 December, 2020
225 views

Final da década de 1970 e ele estava participando de seu primeiro ENCA - Encontro Nacional de Comunidades Alternativas, um encontro realizado anualmente no Brasil que reúne pessoas de todo pais para celebrar e partilhar a visão de um planeta regenerado em amor, paz, prosperidade, natureza e muita alegria. Desde então, Leal Carvalho, que já trazia o dom da música em sua essência, nunca mais foi o mesmo: passou a compor cada vez mais canções inspiradas no despertar da consciência da humanidade com temas que abordam a beleza e a sacralidade da Vida.

Natural do Rio de Janeiro, atualmente, Leal Carvalho de Castro, 63 anos, vive na capital brasileira há cinco anos onde precisou se deslocar para focar no tratamento de seus filhos gêmeos com autismo. "Minha casa mesmo fica em Minas Gerais, em São Thomé das Letras. O meu trabalho musical começou muito cedo. Meus avós foram músicos, meu pai era instrumentista e cantor, minha mãe cantora. Todos meus doze irmãos tiveram acesso à música, eu sou o único compositor", conta Leal.

Mesmo quem nunca esteve pessoalmente com Leal Carvalho ou nem chegou perto de alguns dos ENCAs onde ele marcou presença, consegue sentir a emanação de amor que exala de suas canções. Uma música muito conhecida que se tornou viral na internet por um tempo foi a famosa "Decreto da Turma do Bem" que só num canal chegou a atingir mais de 100 mil visualizações.

A caminhada musical de Leal passou pela Escola de Música de Brasília onde estudou trompa de harmonia, instrumento de orquestra. Com o violão já foi ainda mais espontâneo. Leal seguia a tocar em festivais escolares onde conheceu o músico Cláudio Vinícius que futuramente, junto com mais dois músicos montaram a banda Udiyana Bandha, que quer dizer "uma postura de Yoga".

"E Foi pela a Udiyana Bandha que eu conheci a Yoga, o Naturalismo e o ENCA. A partir dai eu nunca mais  fui `normal´. Abracei aquele estilo de vida em que nada era pecado. A alimentação natural e o respeito são lemas muito fortes. Assim é o encontro da família Arco- Iris", conta Leal.

O músico lembra que o ENCA, que é realizado sempre na lua crescente para cheia do mês de julho está celebrando 45 anos de existência e justamente neste ano precisou ser cancelado. "Esses encontros foram crescendo na quantidade de pessoas, colocando em risco a qualidade dos festivais. Chegamos a ter encontros com mais de três mil pessoas causando um impacto terrível para o local que recebe o movimento pois o Lixo deixado era assustador. Por isso paramos de divulgar por vias de comunicação de massa e o local passou a ser escolhido nos últimos dias de cada ENCA na grande Assembléia", explica.

Leal Carvalho segue seu trabalho musical com foco na linha da espiritualidade intercalando temas que falam sobre a importância do cuidado com a Terra e com a cultura dos povos originários. Padrinho do Movimento de Rezadores do Brasil (Canarinho Branco), Leal segue seu projeto solo para além do trabalho com Udiyana Bandha. Uma de suas canções mais conhecidas também é a famosa "Pela Cura do Planeta" e atualmente Leal está buscando apoio financeiro para gravar seu novo projeto que vai unir novas composições gravadas em estúdio profissional. "Esse movimento (ENCA) vem crescendo pelo mundo todo e é para o bem do Planeta, que esse exemplo de vida e a Espiritualidade vem mostrando que poderá salvar o Planeta de um colapso inerente pelo crescimento desordenado que essa sociedade vem mostrando", finaliza.

Se você sentiu em seu coração o chamado e quer colaborar com o projeto de Leal Carvalho, você pode acessar este link AQUI . O cantor também está por aqui na REDEPAX em sua página pessoal. Para seguí-lo é só acessar por AQUI.

Fernanda Borges
fernandaborgespaz@gmail.com

 

 

 

 


 

 

 

 

Love (4)
Loading...
Like (1)
Loading...
5