Shely Paz
by on 12 November, 2021
31 views

Quando tudo perde o sentido, o sentido finalmente se faz.

Talvez nem claro, nem lógico, mas o pulsar do coração ressoa noutro ritmo.

Não há como explicar o inusitado.

O cansaço é um estado de torpor do ser, pois quando se é, só há vida pulsante, constante, que expande a cada instante.

Está cansado? A existência estagnada pede mudança.

Os olhos pesam? Está se deixando levar por quais energias?

Você dormiu por milênios...como seria acordar, agora?


Posted in: Reflexões
Like (1)
Loading...
1