REDEPAX
by on 24 April, 2020
172 views

 

Se fosse ainda no velho mundo, falar de um administrador de empresas seria o mesmo que falar em resultados financeiros ou busca por estatísticas envolvendo o mundo capitalista. A transformação planetária e a elevação de consciências têm alterado todos os processos, mobilizando cada pessoa a definitivamente responder e buscar a realizar atos que sintonizam com aquilo que verdadeiramente sentem em vossos corações. Foi depois de ter sido tocado com a condição ambiental degradada de sua cidade de origem, há cerca de quatro anos no centro do Brasil, que o consultor empresarial Peter Judson Vieira de Oliveira resolveu dedicar parte de sua vida em projetos ligados a sustentabilidade na defesa do meio ambiente e na mobilização de pessoas para somar na causa por um mundo regenerado.

Peter é diretor da organização não-governamental (ONG) Mãos que Plantam, situada na cidade de Goiânia, estado de Goiás, e que nasceu com o objetivo de apoiar projetos de responsabilidade sócioambiental e reflorestamento dos biomas brasileiros com árvores nativas. Atualmente a ONG articula vários projetos, entre eles dois que já estão cadastrados aqui na Redepax: o PROJETO REFLORESTAR e o MOVIMENTO LIXO ZERO GLOBAL. De acordo com Peter Oliveira, atualmente, o Projeto Reflorestar está sendo implantado no cinturão verde de Goiânia e Brasília, nas propriedades particulares de pequenos agricultores, em áreas certificadas orgânicas.

Peter explica que o Movimento LIXO ZERO tem uma proposta um pouco diferente, que é a formação e transformação de paradigmas com foco em educação sócioambiental. O consultor conta ainda que a idéia surgiu da necessidade que ele sentiu em levar ao maior número de pessoas a consciência da mudança de hábitos quanto a gestão dos resíduos sólidos no cotidiano. "No início de 2020, iniciei um trabalho como consultor solidário para a formação da COOP RUA - Cooperativa dos Catadores de Rua do Brasil. Não imaginava que que todo o volume de resíduos sólidos urbanos que vai parar nos lixões e aterros sanitários nas áreas periféricas das cidades brasileiras fosse tão grande no Brasil: são mais de 150.000 toneladas todos os dias", conta Peter.

Atualmente o Projeto Lixo Zero está em fase de divulgação em todo o Brasil por meio de uma parceria com o Instituto Lixo Zero Brasil em que já está sendo implementado quatro programas de apoio ao projeto com o objetivo de envolver cidades, empresas, condomínios e escolas.

Esforço pela mudança - Quando ainda criança, Peter foi escoteiro e desde então sentia um verdadeiro chamado pela responsabilidade social e ambiental. Ele conta que em 2015 numa viagem a sua cidade de origem, passou a perceber essa profunda ligação com o coletivo. Peter se refere a cidade de Arraias, estado do Tocantins, centro brasileiro onde o administrador se surpreendeu ao encontrar uma região totalmente poluída e muito diferente de quando ele era criança, quando os rios eram limpos e haviam a presença de peixes e muita vida. "Sinto um dever muito grande em transformar o mundo positivamente! Um dia alguém me perguntou: “Você não acha que essa é uma tarefa impossível?” Eu olhei para essa pessoa, pensei na história do pescador e das estrelas do mar e disse: “Se eu mudar o seu pensamento, já estarei transformando o mundo", comenta.

A história que Peter se refere é a seguinte:

O PESCADOR E AS ESTRELAS DO MAR
Era uma vez um escritor que morava em uma tranquila praia, junto de uma colônia de pescadores. Todas as manhãs ele caminhava à beira do mar para se inspirar, e à tarde ficava em casa escrevendo. Certo dia, caminhando na praia, ele viu um vulto que parecia dançar. Ao chegar perto, ele reparou que se tratava de um jovem que recolhia estrelas-do-mar da areia para, uma por uma, jogá-las novamente de volta ao oceano.

"Por que está fazendo isso?"- perguntou o escritor. "Você não vê! - explicou o jovem -A maré está baixa e o sol está brilhando. Elas irão secar e morrer se ficarem aqui na areia". O escritor espantou-se. "Meu jovem, existem milhares de quilômetros de praias por este mundo afora, e centenas de milhares de estrelas-do-mar espalhadas pela praia. Que diferença faz? Você joga umas poucas de volta ao oceano. A maioria vai perecer de qualquer forma".

O jovem pegou mais uma estrela na praia, jogou de volta ao oceano e olhou para o escritor. "Para essa aqui eu fiz a diferença". Naquela noite o escritor não conseguiu escrever, sequer dormir. Pela manhã, voltou à praia, procurou o jovem, uniu-se a ele e, juntos, começaram a jogar estrelas-do-mar de volta ao oceano.

 

Para encerrar a entrevista, Peter compartilha que percebe, assim como muitos já se vê em todo o planeta, que há um movimento de mudança de paradigmas gradual e evolutivo instalado. Ele destaca questões que chamam mais a sua atenção como: alterações bruscas no clima, catástrofes ambientais e agora na área da saúde (COVID-19), que tem provocado um senso de urgência por mudanças cada vez mais intenso. Por isso e por vários outros fatores, Peter acredita no poder da gratidão e do serviço e atribuem a esses sentimentos toda a energia que sente para dar continuidade aos seus projetos.

O administrador acredita ainda num novo modelo econônimo nas relações humanas, produção e consumo conscientes, equilíbrio na cadeia produtiva, fomento à biodiversidade além de geração de renda para agricultores familiares. "Vários cientistas tem alertado, em tons cada vez mais intensos, de que o nosso tempo para virar a chave está se esgotando. A busca pela sobrevivência individual pode simplesmente exterminar a sociedade. Procuro seguir a lei da semeadura de Deus: “Quem planta boas sementes, colhe bons frutos", finaliza Peter.

SOMEMOS

Colabore com a produção jornalística de histórias como a de Peter e também a divulgação de projetos que já acontecem perto de sua casa! Envia-nos um email e nós entraremos em contato para marcarmos uma entrevista e saber um pouquinho mais sobre  que de mais lindo pode estar acontendo e sendo feito aí perto de você. Propaguemos boas noticias e colaboremos com a difusão das realidades que já estão acontecendo em nosso planeta!

REDEPAX
geral@redepax.pt

Projeto Reflorestar

 

Ações da ONG Mãos que Plantam

 

Voluntários em ação

 

Gratidão e Serviço
Like (6)
Loading...
Love (3)
Loading...
9
Edson oliveira chagas
Lindo trabalho o seu parabens por fazer a diferença na vida de muitas pessoas
1
1
25 April, 2020
Peter Oliveira
Gratidão 🙏
25 April, 2020
Maria Gabriela Cunha
Maravilhoso trabalho! Gratidão 🙏🌏🌿🦋
1
1
25 April, 2020
Peter Oliveira
Gratidão sempre 🙏
25 April, 2020
Cláudio Schmitt
Muito bom, parabéns pela iniciativa!!!
3 Maio, 2020