Murillo Francisco Cason
by on 7 September, 2020
162 views

Gabriela Pepe, nutricionista consultora do MOVE, nos oferece neste artigo orientações valiosas sobre agrotóxicos, transgênicos e alimentação vegetariana. Confira!

“A liberdade é um direito que se consolida, na razão direta em que o homem se autodescobre e se conscientiza, podendo identificar os próprios valores, que deve aplicar de forma edificante, respeitando a natureza e tudo quanto nela existe. A agressão ecológica, em forma de violência cruel contra as forças mantenedoras da vida, demonstra que o homem, em nome da sua liberdade, destrói, mutila, mata e mata-se, por fim, por não saber usá-la conforme seria de desejar.” (Joanna de Ângelis) [1]

O conceito de sistema alimentar envolve todos os processos relacionados à alimentação, desde a sua produção, processamento e distribuição, até sua preparação e consumo. Podemos classificar os sistemas alimentares em sustentável e insustentável.

O sistema alimentar sustentável se baseia na agricultura familiar orgânica, em técnicas tradicionais e eficazes de cultivo e manejo do solo, no uso intenso de mão de obra, no cultivo consorciado de vários alimentos, e no processamento mínimo dos alimentos realizado pelos próprios agricultores ou por indústrias locais. E por uma rede de distribuição de grande capilaridade integrada por mercados, feiras e pequenos comerciantes [2].

Já o sistema alimentar insustentável é baseado em monoculturas que dependem de grandes extensões de terra, do uso intenso de máquinas, combustível e água e do amplo uso de fertilizantes químicos, agrotóxicos, sementes transgênicas e antibióticos, e, ainda, do transporte por longas distâncias. Essa forma de sistema alimentar empobrece os recursos naturais e contamina o ar, solo, lençóis freáticos, rios, lagos e mares próximos [2].

Os alimentos produzidos de forma insustentável têm dois destinos principais: produção de alimentos industrializados e ração usada na criação intensiva de animais. Vocês sabiam que boa parte da soja e milho transgênicos das grandes monoculturas brasileiras são para fabricar ração animal? Por isso que a principal indústria responsável pelo desmatamento das florestas é a pecuária, não só para abrir espaço para a criação dos animais (o que também leva ao empobrecimento da terra), como também para o cultivo de grãos destinados à ração animal. Só para termos uma ideia do tamanho dessa produção de alimentos, se 50% desses grãos destinados aos animais fossem direcionados para pessoas em situação de extrema pobreza, daria para acabar com a fome do mundo!

Continue a leitura neste link: https://eticaanimalespirita.org/2020/08/02/de-onde-vem-a-sua-comida/

Like (1)
Loading...
1