REDEPAX
on 23 September, 2020
12 views
CENTRO - Somos sempre levados para onde tem que ser. O movimento externo é um detalhe. Primeiro a alma vai, depois seguem-se os corpos e então a materialidade acontece. Estar no centro para viver o centro. Vibrar na equanimidade, na neutralidade. Ser o bambu que não quebra, mas que em resiliência se torce. Somos sempre levados para onde nossa consciência apontou. O dia, a hora, o exato momento, não se sabe quando, mas esse dia chega no fluir do sopro. Faça chuva ou faça sol. Queiramos ou não. O Centro Geodésico de Portugal é o coração dessa nação. Estar ali é como respirar parte desse centro e perceber, definitivamente, que ninguém é português, nem brasileiro, nem uruguaio ou chinês. Que somos almas que habitam um corpo e ponto. Cumprir a tarefa de alinhar nossos corpos e sintonizar o centro de nosso mais profundo Ser. O centro Crístico, onde o sopro da Vida nos vitaliza para seguir cada movimento. Sempre rumo ao centro.
https://www.redepax.pt/photo/
Dimension: 1080 x 913
File Size: 69.95 Kb
Like (1)
Loading...
1